ecorregião - escolha o quebra-cabeça para resolver

Uma ecorregião ou região ecológica é uma área definida ecológica e geograficamente, menor que uma ecozona mas maior que um ecossistema. Ecorregiões geralmente cobrem áreas relativamente grandes de água ou terra e contém comunidades e espécies características dessa área delimitada geograficamente. A biodiversidade de fauna, flora e ecossistemas que caracteriza uma ecorregião tende a ser diferente da de outras ecorregiões. Em teoria, dentro de uma ecorregião a probabilidade de encontrar determinadas espécies e/ou comunidades tende a ser a mesma em um determinado ponto, com uma variação aceitável desses parâmetros em outros pontos da área. Uma ecorregião é um padrão de ecossistemas associados com determinado solo e acidente geográfico que caracteriza tal região. Ormenik (2004) define ecorregião como áreas em que há coincidências espaciais entre características dos fenômenos geográficos associadas com diferenças na qualidade e integridade de ecossistemas. Como características dos fenômenos geográfico entende-se por geologia, fisiografia, vegetação, clima, hidrologia, fauna terrestre e aquática, e solo, que pode incluir ou não o impacto causado por atividades humanas (por exemplo, uso da terra e mudanças na vegetação). Há significante, mas não absoluta, correlação espacial entre essas características, tornando a designação de ecorregiões uma "ciência não exata". Outra complicação é que as condições ambientais nos limites de uma ecorregião podem mudar gradativamente; por exemplo: a transição entre pradaria e floresta no meio-oreste dos Estados Unidos é difícil de ser limitada com exatidão. Tais zonas de transição são chamadas ecótonos.