subúrbio - escolha o quebra-cabeça para resolver

Subúrbio (do latim suburbium, literalmente «subcidade») ou periferia (literalmente «por fora», num sentido genérico, quer dizer "tudo o que está ao redor") designam as áreas em redor das áreas centrais de um dado aglomerado urbano, seja ele um município, distrito ou outra qualquer instância política; porém o termo também é usado para descrever cidades circunscritas a um núcleo metropolitano central. Eventualmente pode ser considerado sinônimo de periferia urbana, embora tal definição encontre alguma polêmica nos estudos de urbanismo e planejamento urbano. O termo é bastante utilizado em termos de geografia, para designar toda a área urbana que está ao redor do centro urbano. A periferia pode ser intramunicipal (bairros afastados do centro do município) ou extramunicipal (municípios da região metropolitana). Nas grandes cidades da América Latina e de outros países, a palavra subúrbio é comumente utilizada para se referir a áreas que não possuem todos os recursos das regiões nobres, como as favelas — principalmente no que diz respeito a infraestrutura urbana (como energia elétrica, água encanada, esgoto, coleta de lixo, etc.) e equipamentos sociais (como instituições culturais, de saúde, assim como órgãos públicos) — ou até possuem, mas em escala inferior. A palavra também é associada a regiões periféricas de perfil de renda baixa. Estas são mais aparentes nas grandes cidades, onde vários fatores como especulação imobiliária, exploração, e alienação da força de trabalho, entre outros, levam a ocupação de áreas mais distantes pela população mais pobre, num processo paralelo ao da segregação voluntária das elites, que se apropriam das melhores regiões da cidade e impedem seu uso pelas classes mais pobres. Tal processo foi descrito principalmente por Flávio Villaça.Existem regiões, no entanto, que atraem os interesses de camadas ricas da população e se encontram em áreas também periféricas, em processo semelhante ao dos subúrbios ricos norte-americanos, mas com peculiaridades locais. Tais regiões normalmente são caracterizadas principalmente pela forte presença de condomínios fechados. Exemplos típicos destas áreas periféricas ricas no Brasil são a Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro; Interlagos, e os condomínios da Serra da Cantareira, em São Paulo e Mairiporã.